quarta-feira, 13 de maio de 2015

COMPREENDENDO MEU ERRO

Despertar...
Sabendo que não há mais prazer,
Não há mais sonhos
E nem mais ninguém.

Despertar...
Sofrendo porque tudo acabou,
Porque a fiz sofrer
E, acima de tudo, ensinei-a a chorar.

Despertar...
Sem viver seu caminho,
Sem estar na sua vida,
E perdendo as esperanças.

Despertar...
Aprendendo a esquecer seus desejos,
Suas palavras de alegria
E seus sonhos de amor.

Despertar...
Compreendendo que o erro foi meu,
Que deixei minha vida escapar
E que se foi aquela que me fez viver.